Um curriculum vitae com falhas é três vezes mais provável de ser dispensado do que um CV com uma ortografia irrepreensível.

De acordo com dados fornecidos pela Catho, 34% são cortados por erros de gramática.

Recrutadores que participaram de pesquisa realizada pela Catho, erros de português são o principal fator para eliminação de candidatos.

De acordo com a pesquisa, erros de português no currículo podem representar falta de domínio do idioma, falta de atenção e displicência. Essa falha na revisão do principal documento entre candidato e entrevistador queima todas as chances de contratação.

Conheça nossos cursos de português voltados para o mercado de trabalho.